Pular para o conteúdo principal

Postagens

Aula - Urografia Excretora

Postagens recentes

Vídeo - Microlitíase testicular - Jezreel Correa da Costa

Parceria da Elsevier com a Sociedade Paulista de Radiologia oferece suporte de decisão radiológica on-line para associados

Parceria da Elsevier com a Sociedade Paulista de Radiologia oferece suporte de decisão radiológica on-line para associados

Ferramenta digital STATdx® oferece a coleção mais completa e atual de conteúdo confiável e multimídia de especialidades em radiologia

Elsevier apresenta os benefícios e funcionalidades do STATdx® na 47ª Jornada Paulista de Radiologia (JPR'2017)

Para que os profissionais de radiologia tenham uma fonte rápida e confiável de consulta que possa ser acessada de qualquer posto de trabalho é fundamental garantir a qualidade do atendimento ao paciente. É possível colaborar com o bom andamento do trabalho e do estudo de radiologia por intermédio de ferramentas digitais que tragam concisão, confiabilidade nas informações, qualidade e quantidade de imagens e interface amigável.

Por conta disso, a Sociedade Paulista de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (SPR) mantém uma parceria com a Elsevier que oferece aos associados o acesso gratuito ao STATdx®, solução para suporte di…

Posicionamento do CBR sobre a presença de acompanhantes em salas de exames

No último dia 12 de maio o Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR) posicionou-se através de sua assessoria jurídica sobre a a presença de acompanhantes em salas de exames. Ao final da nota, ficam duas recomendações: "1. que os médicos, ao atenderem pacientes submetendo-as a exames ginecológicos, preferencialmente pratiquem os referidos atos médicos na presença de auxiliar e/ou de pessoa acompanhante da paciente; 2. que expliquem às pacientes previamente e de forma detalhada os procedimentos que virão realizar durante o exame ginecológico, em atenção ao disposto no artigo nº 46 do Código de Ética Médica”.
Acesse o texto na íntegra: Presença de acompanhantes em salas de exames

Sucos de fruta como meios de contraste em ressonância magnética

Owen J Arthurs e colaboradores avaliaram 12 tipos de sucos de fruta para verificar qual poderia ser utilizado como meio de contraste para o trato gastrintestinal em ressonância magnética quando uma sequencia de pulso IR (inversion recovery) era aplicada. Neste estudo, o suco de abacaxi foi o que apresentou melhor resultado e pode ser utilizado como meio de contraste para exames com pacientes neonatos.  Para saber mais, acesse o texto completo do artigo "Interactive neonatal gastrointestinal magnetic resonance imaging using fruit juice as an oral contrast media", publicado na BMC Medical Imaging em 2014, neste link .

Novembro Azul - Saiba mais sobre o câncer de Próstata