Pular para o conteúdo principal

Aplicativo inédito oferece abordagem prática e racional sobre o uso dos meios de contraste nos exames de imagem


Por Sandro Fenelon



Médicos e demais profissionais da Saúde contam com a ajuda de um aplicativo simples e prático para a escolha do meio de contraste mais adequado em exames de imagem. 

 Disponível nos sistemas iOS (Apple) e Android (Google) e nas versões em português e inglês, o aplicativo Meios de Contraste: FSN vs. NIC, é o primeiro e único nesse segmento da área médica. O objetivo da ferramenta é promover o uso racional e mais seguro dos meios de contrastes em exames radiológicos de pacientes com disfunção renal, baseado no cálculo da taxa de filtração glomerular (TFG). Isso porque escolher o exame correto para cada paciente é um desafio diário e devem ser pesados os riscos e benefícios de cada opção (contraste iodado x gadolínio). 


 O app inclui diversas calculadoras da TFG em um único aplicativo e integra um texto de apoio à decisão clínica, com dados sobre FSN e NIC para as respectivas subclasses de meios de contraste, de forma convenientemente centralizada e resumida bem como apresenta as estimativas de risco, baseadas em evidências e sugestões de protocolo a seguir para um dado valor da TFG. Isso facilita a tomada de decisões para os pacientes com função renal alterada, fornecendo uma única referência para ambos os meios de contraste (RM e TC), o que é uma caraterística única entre os aplicativos deste segmento. 


 Idealizado pelos médicos radiologistas Sandro Fenelon (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo - ICESP) e Frederico F. de Souza (Universidade do Mississipi, EUA), tem por objetivo oferecer uma ferramenta prática para análise dos possíveis riscos de Fibrose Sistêmica Nefrogênica (FSN) e Nefropatia Induzida por Contraste (NIC). A ideia de se criar o aplicativo surgiu pelo fato de não existirem informações centralizadas e resumidas sobre o tema, que fossem acessíveis em tempo real, em um único local. 

  •  Indicado como um dos melhores aplicativos de 2017 pela tradicional revista norte-americana “Diagnostic Imaging”. 
  •  Semifinalista dos concursos 2016 e 2017 realizados pelo principal portal de Radiologia dos Estados Unidos (Best Radiology Mobile App - Minnie Award by AuntMinnie.com). 
  •  Uma revisão do aplicativo ganhou destaque na revista científica oficial e peer-reviewed da Sociedade de Informática em Imaginologia Médica (SIIM), dos Estados Unidos. 


 Conheça mais sobre o aplicativo em: 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

215 vagas para residência na área da Saúde na USP

A Folha Dirigidapublicou nesta semana notícia de que a Universidade de São Paulo (USP) está com edital aberto para 215 vagas de residência para início em 2021.

As vagas:

Biomedicina (2 vagas)Assistência Cardiorrespiratória (InCor)Síndromes e Anomalias Craniofaciais (HRAC Bauru)Enfermagem (41 vagas)Farmácia (29 vagas) Física/Física Médica (6 vagas)Radioterapia - 4 - InRad e ICESPDiagnóstico por Imagens - 2 - InRad e ICESP Fisioterapia (13 vagas) Fonoaudiologia (26 vagas) Medicina Veterinária (23 vagas) Nutrição (15 vagas) Odontologia (22 vagas) Psicologia (14 vagas) Saúde Pública/Saúde Coletiva (2 vagas) Serviço Social (11 vagas) Terapeuta Ocupacional (11 vagas)

Para mais informações, acesse o site da Fuvest que contém a notíciaou ainda a página com o Edital

Vídeo - por dentro de uma usina nuclear.

Este vídeo foi produzido pelo Manual do Mundo e apresenta de forma muito didática diversos conceitos sobre energia nuclear e algumas particularidades das usninas nucleares de Angra dos Reis . Vale a pena assistir.



Ah, só lembrando que o número correto dos nêutrons do átomo de urânio é 143.

Entendendo as ponderações de RM em 1 minuto [vídeo]