Pular para o conteúdo principal

Elsevier abre inscrições para a 2ª Olimpíada de Anatomia

Competição estimula o estudo da anatomia entre estudantes de todo o Brasil

A Elsevier, uma das mais conceituadas provedoras de conteúdo acadêmico e científico do mundo, abriu as inscrições da 2ª Olimpíada de Anatomia Elsevier, cujo objetivo é estimular o aprendizado e a troca de conhecimentos nos cursos de saúde. A editora possui um vasto catálogo no segmento, com obras essenciais utilizadas em todo o mundo, como a marca Netter (Netter Atlas de Anatomia HumanaNetter Anatomia Clínica, Netter Anatomia para Colorir) e Gray’s (Grays Anatomia Clínica para Estudante e Grays Anatomia Básica), cujos conteúdos foram utilizados para a criação das questões da competição
2ª Olimpíada de Anatomia Clínica é totalmente online, com provas de múltipla escolha nas quais serão levados em consideração o número de acertos e o tempo de realização.

Podem participar da competição os estudantes matriculados em um dos cursos das áreas da saúde. Ao se candidatar, o estudante pode ainda indicar um professor e este, ao aceitar participar do concurso, entra na disputa também. As inscrições estão abertas até o dia 25/09/2017.

O estudante ganhador da 1ª Olimpíada de Anatomia Renato Colenci, revela a importância do evento para o desenvolvimento da carreira. “Ganhar a Olimpíada foi uma grande experiência. Nas últimas etapas eu percebi que podia equiparar meu conhecimento no tema ao de outros estudantes muito fortes. Além disso, a Elsevier nos deu a oportunidade de mostrar a importância da disciplina, fundamental no currículo de medicina”, complementa.
Como provedora de conteúdo acadêmico e científico, a Elsevier reconhece a importância do estímulo a excelência nesta matéria. “Nosso objetivo é promover a atualização constante do conhecimento em anatomia, o desenvolvimento de jovens talentos e o processo de autoaprendizagem, que estimula o trabalho, o estudo e a interação entre alunos da saúde”, explica Georgia Barros, gerente de marketing da Elsevier.
Prêmios
Estudantes:
·         1º colocado: participação no Curso de Anatomia Clínica aplicada em cadáver fresco, na Flórida, com tudo pago
·         2º colocado: Kindle Paperwhite Wi-Fi, iluminação embutida, tela de 6” sensível ao toque de alta definição.

·         3º colocado: novo Kindle com tela sensível ao toque e Wi-Fi, 8ª geração.

Professores:

·         1º colocado: Kindle com Wi-Fi, iluminação embutida, tela de 6” sensível ao toque de alta definição.

·         2º e 3º colocado: novo Kindle com tela sensível ao toque e Wi-Fi, 8ª geração.


Distribuição gratuita de prêmios. Consulte as datas das provas e o regulamento completo em www.elsevier.com.br/olimpiadasdeanatomiaCertificado de autorização CAIXA nº 3-1631/2017.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como radiologistas e patologistas podem vencer no jogo de detetive (Divulgação)

Por Paula J. Woodward, MD*


A radiologista Dr. Anne G. Osborn certa vez comparou a profissão de radiologia ao popular jogo Detetive. Em uma entrevista em 2008, a Dr. Osborn brincou: “É nosso trabalho (como radiologistas) dizer: 'Sra. Green fez isso na sala de jantar com a chave inglesa”.



É um fato que os radiologistas são como “detetives clínicos” que reúnem imagens médicas de pacientes, resultados de exames e outras pistas - como evidências clínicas existentes e referências - para avaliar e diagnosticar as condições. No entanto, está se mostrando desafiador resolver com precisão e eficiência cada “mistério médico”.



A explosão da base de conhecimento médico denota uma era de pistas infinitas. Com a literatura biomédica em breve esperada para dobrar a cada 73 dias, radiologistas, patologistas e outros profissionais de saúde estão sendo bombardeados com pistas que tornam tecnicamente impossível manter-se.



Além disso, o fornecimento de pistas exatas que são relevantes para o paciente e…

Ressonância Magnética

Um bom material de ressonância magnética pode ser baixado aqui




Princípios Físicos Ressonância MagnéticaView more presentations from Alex Eduardo Ribeiro

Vídeo - upgrade de um sistema de ressonância magnética

Este vídeo em timelapse mostra um upgrade do sistema Trio para um sistema Magneton de 3T, realizado no  Biomedical Imaging Center do Beckman Institute (Universidade de Illinois).




Serviços de upgrade costumam ser oferecidos pelos próprios fabricantes, como a Siemens (clique para ver mais informações sobre upgrade),  e incluem substituição dos sistemas de gradiente, unidades de processamento e sistemas eletrônicos.