Pular para o conteúdo principal

Câncer de mama é o número 1 em taxa de mortalidade em mulheres no mundo

A detecção precoce da doença ajuda a obter sucesso no tratamento e evitar o óbito


O câncer de mama é uma doença que se dá pela multiplicação de células anormais na mama, que geram o tumor. Por não apresentar sintomas em sua fase inicial, acaba dificultando a detecção precoce pelas mulheres. O Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) estima que em 2018 a incidência de câncer de mama no Brasil será de 59 mil casos.



Para auxiliar residentes e profissionais que atuam na área da Radiologia e diagnóstico por imagem a colaborar com o diagnóstico precoce da doença, a Elsevier, em parceria com o Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR), lança o livro CBR Mama, que abrange temas essenciais para o aprendizado e para a revisão do diagnóstico mamário por imagem. A obra expõe a relação entre os diversos métodos de radiografia para que o profissional possa identificar o mais adequado para cada situação clínica.



Escrito de maneira didática, o livro conta com diversas imagens de alta qualidade de mamografias, tomossínteses, mamografias com contraste, ultrassonografias, ressonâncias magnéticas, além de outros métodos como PET-CT e medicina nuclear. “São mais de 1500 imagens demonstrando todo o leque de apresentação das doenças mamárias, nos diferentes métodos”, conta Dra. Linei Urban, uma das autoras do livro.



A obra é baseada em evidências e tem enfoque na prática, com a intenção de que os conhecimentos sejam aplicados no exercício médico diário. Os autores e editores do livro “são profissionais extremamente respeitados e que se mostraram capazes de produzir um texto com alto rigor científico e de leitura agradável”, ressalta o Dr. Manoel de Souza Rocha, presidente do CBR.



Dra. Giselle Guedes, também autora, ressalta que o livro Mama da Série CBR “representa a prova de união e generosidade de muitos amigos da imagenologia mamária”, uma vez que a obra contou com a participação de mais de 80 especialistas de diferentes áreas médicas.



Dividido em três grandes partes, Dra. Linei Urban explica que “inicialmente há dados sobre os equipamentos e técnicas utilizadas na prática diária, seguidos pela descrição das principais doenças mamárias, tanto benignas quanto malignas, terminando com uma sessão de algoritmo de investigação e diagnóstico diferencial, que é uma inovação nesse tipo livro”, fato que torna a obra completa.



O CBR tem uma série de iniciativas para capacitação dos médicos radiologistas, como a realização de congressos e cursos presenciais, assumindo o compromisso de levar formas de aperfeiçoamento aos profissionais de todas as regiões do Brasil. “A série CBR se consolidou como a melhor fonte de conhecimento radiológico no mercado editorial brasileiro, atingindo um nível no mínimo igual ao de séries norte-americanas ou europeias” conclui Dr. Manoel Rocha.


Este post não possui conflitos de interesse e a divulgação é feita de maneira gratuita para fins de informação dos leitores deste blog. Caso tenha interesse em divulgar seu material, entre em contato.

Postagens mais visitadas deste blog

Como radiologistas e patologistas podem vencer no jogo de detetive (Divulgação)

Por Paula J. Woodward, MD*


A radiologista Dr. Anne G. Osborn certa vez comparou a profissão de radiologia ao popular jogo Detetive. Em uma entrevista em 2008, a Dr. Osborn brincou: “É nosso trabalho (como radiologistas) dizer: 'Sra. Green fez isso na sala de jantar com a chave inglesa”.



É um fato que os radiologistas são como “detetives clínicos” que reúnem imagens médicas de pacientes, resultados de exames e outras pistas - como evidências clínicas existentes e referências - para avaliar e diagnosticar as condições. No entanto, está se mostrando desafiador resolver com precisão e eficiência cada “mistério médico”.



A explosão da base de conhecimento médico denota uma era de pistas infinitas. Com a literatura biomédica em breve esperada para dobrar a cada 73 dias, radiologistas, patologistas e outros profissionais de saúde estão sendo bombardeados com pistas que tornam tecnicamente impossível manter-se.



Além disso, o fornecimento de pistas exatas que são relevantes para o paciente e…

Ressonância Magnética

Um bom material de ressonância magnética pode ser baixado aqui




Princípios Físicos Ressonância MagnéticaView more presentations from Alex Eduardo Ribeiro

Aulas de física de Ressonância Magnética - Prof. Nonato Reis

O destaque de hoje são duas aulas de física da ressonância magnética do prof. Nonato Reis. Para assistir mais aulas, visite o cana Físicafácilassimno Youtube.